4.1.09

ano novo, vida... nova?

FELIZ ANO NOVO! - gritavam todos.

sim, feliz ano novo... não sei o que me espera. a parte boa é que dificilmente será pior do que 2008. penso isto e, logo a seguir, esbofeteio-me por ser tão mal-agradecida.
todos se abraçavam, gritavam, riam... enfim, coisas que a juventude faz quando está feliz e embriagada. mas eu quis estar comigo.
"não devias pensar nessas coisas" disse-me a minha consciência. "o que passou, passou. diverte-te!" irritei-me, e contrariei esta voz. não; tinha o ano todo para me divertir à vontade. deixem-me estar introspectiva, poxa. apetece-me!
a última vez que tinha visto fogo de artifício tinha sido havia exactamente um ano. passar um ano sem ver fogo de artifício é um bocado... lembrei-me do rock in rio, mas eu não estava nem aí quando o espectáculo de pirotecnia me invadiu os ouvidos. o meu problema não era o fogo de artifício, mas sim o contexto. estou oficialmente longe dele. ele foi-se embora em 2008, e já estou em 2009. custa-me um bocado aceitar isto.
2009 reserva-me muitas surpresas, coisas que me são desconhecidas, e isso é bom! por outro lado, 2008 fica para trás e, em adição, muitos momentos se vão também. 2008 é passado.
eu sei o que se foi, e não sei o que virá. saber isto entristece-me e, ao mesmo tempo, alegra-me.
"tenho saudades" pensei, com um nó na garganta. quem me dera poder voltar atrás, só durante um minuto!
ela aproximou-se e deu-me o braço.
- então?- perguntou-me, pelo que a minha resposta foi um vago encolher de ombros, sem tirar os olhos do espectáculo. - estás bem?
- ah, sabes... - fiz uma pausa, enquanto tentava arranjar as melhores palavras que servissem de resumo para o fogo de artifício de memórias e pensamentos que me assolava a cabeça. mas só consegui, enfim, dizer - tenho saudades, pronto.
agarrou-me o braço com força.
decidimos fingir que cada foguete, cada luz que rebentava no céu, representava um acontecimento marcante; cada estrondo representava a intensidade do ano que aí vem; o fumo que ficava no céu negro era o que em nós iria mudar. ela prometeu-me que 2009 vai ser um excelente ano, que será repleto de magia e felicidade.
eu sei que não será bem assim mas, naquele momento, acreditei plenamente no que ela me dizia! fez todo o sentido! eu sentia-me cada vez mais optimista, cada vez com menos receio.
o meu objectivo era receber 2009 de braços abertos, e fi-lo sem dificuldade.
não vai ser difícil. vai ser bom! a vida é a mesma, mas podemos recomeçar.



respirar fundo.

guardar 2008 no memories keeper.

agarrar as rédeas de 2009 e aguentar a pressão!



é isto que desejo a todos :) e muito amor, claro.

10 comentários:

Jone disse...

Esta lembrança é o quadro que dói mais. 2009! almejamos tudo de bom, queremos, temos essa força, poderemos conseguir se houver persistência, se a gente aceitar a realidade com os olhos atentos. Não sei se vai ser legal se mover dentro dos museus que existem dentro de nós, é sempre bom voltar no tempo, mas ás vezes ficamos perdidos sem saber o que realmente vamos ganhar olhando para o passado.
O passado não morre, estará sempre vivo, sempre que aquela sensação estranha apertar, ele sempre irá aparecer em nossa memória, como um remédio, um alívio. Com toda a certeza, 2008 a gente já consegue ver de cima, agora só nos resta nos concentrar nesse novo percursso que se chama 2009, com olhos confiantes e super atentos.

Grande menina, te desejo tudo de bom, não se esqueça que eu estarei sempre ao seu lado.
Beijos!

atraM disse...

Não vai ser tão difícil e sabes porquê? Porque o tempo engana, e o que te parece que foi à pouco tempo vai começar aos poucos a parecer que foi à muito tempo e é também aos poucos que vais começar a conseguir suportar tudo com mais ligeireza, com ou sem muito choro. Seja o que for preciso, nós vamos estar aqui.

Doggie disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Doggie disse...

Venho só dizer que se tivesse escrito um comment neste post gostaria que fosse igual ao da Marta.

quem? disse...

sim marta, mas tambem me assusta o facto de as coisas comecarem a parecer que foram há muito tempo e de se tornarem distantes...

enfim...

quem? disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
quem? disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Haku disse...

se coisa que sei é que somos mais fortes do que imaginamos, e conseguimos sempre ultrapassar tudo por mais que pensemos que nao e que ja nao temos forças... 2009 vai ser sem duvidas melhor :) beijinho

Tiago Monteiro disse...

o presente acontece agora. tudo o resto já passou. o que já passou foi o que te criou, foi o que te fez como és... nao vejas o passado como uma triste lembrança, mas sim como um ponto de partida, para a pessoa maravilhosa que estás a ficar.
não te esqueças q o presente foge... agarra-o e vais ver que o fogo d artifício de todas as passagens te dará sinais de um bom ano!

manda esta msg a 10 pssoas ou entao bla bla bla... (parece uma msg do género)

Tiago Monteiro disse...

e desculpa-me se as coisas que escrevo te parecem á toa.(espero q nao)
nao penses q seja uma escrita pra dar bom ar, ou por ser solidário, ou pra ficar bonito como um ramo de flores... a verdade é q estas flores não são artifíciais, e como não te conheço, nem a metade, é normal que cheire a plástico(das flores artifíciais)