26.1.09

crises que dão vontade de rir

se calhar não sou assim tão útil.
se calhar não estou em forma.
se calhar falo alto demais, falo demais. digo o que não devo.
se calhar sou boa amiga mas só sou útil às vezes.
aproveitam-se de mim.
se calhar sou ingénua.
ajudei-te, estive lá para ti. fico de mãos a abanar se esperar preocupação ou atenção em troca.
acho que ocupo demasiado espaço.
ocupo demasiado tempo.
se calhar não me sai nada de produtivo porque não me sinto valorizada.
porque se calhar tentei e custou. tentei e não valorizaram.
se calhar sou uma péssima pessoa.
se calhar sinto que me estão a espremer a alma.
têm sido muito exigentes comigo, são todos uns asnos.
não sei para que raio é que sirvo, nem sei porque é que existo.
obrigada por me fazerem sentir pequena.
irritam-me por acharem que sou assim tão desnecessária.
se eu me fosse, faria-vos falta! é claro que faria.
mas não me quero ir, não agora!
só quando tiver oportunidade de explorar os 1001 planos que elaborei para o futuro.
só quando chegar ao futuro.
porque gosto de escrever, de desenhar, de cantar, de pintar, de ler, de dançar, de rir...
acham que não presto? não, não acham.
mas, mesmo assim, esfrego-vos na cara: vou ser bastante feliz!
na minha casinha de campo, com cinco filhos e uma hortinha.
quero lá saber da avaliação, estou tranquila.
eu gosto dos outros.
se calhar vou viver sempre com esta angústia.
porque gosto deles, e eles esperam sempre demais.
porque não gosto deles, e eles esperam sempre de menos.
porque até gosto de mim. e eles também, mesmo que o não demonstrem.

-MAS QUE RAIO DE PROBLEMA TENS TU?-

ah, esqueci-me; não consigo chorar.

11 comentários:

JFar.a.day disse...

olha outra...eu também não consigo

Genial como sempre, gosto muito, identifico-me bastante no entanto como não tenho nada de jeito para dizer, fica só o elogio.

Nervermind disse...

Do pouco tempo há que te conheço (sem ser de vista), de mim, pelo menos, tens a garantia de que não és uma péssima pessoa. Ás vezes, alias, muitas vezes, penso exactamente o mesmo. Eu sou muito impulsivo, e digo/faço tudo o que me vem á cabeça. Já criei muitos conflictos á conta disso. De ínicio tentei mudar, pensar antes de falar, mas assim não estava a ser eu. Decidi manter-me fiel a mim próprio e aceitar-me como sou, e quem não goste que se lixe. Claro que ás vezes é complicado... Mas nada que no dia seguinte não passe. Percebi que me dou melhor com as pessoas se for eu próprio. Hás-de ser feliz, como toda a gente (que quer ser feliz), só tens é de ter paciência até ao momento certo. Como costumo dizer, é preciso é ânimo.

Anónimo disse...

A minha cena é o hip hop

Daniel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jone disse...

Uma grandeza em pessoa, a mim nunca me pareceu ser pequena. A sua existência é de total importância, assim todos podem conhecer uma grandeza, pois é isso que tu possui, um valor intenso.
É misteriosa, mas acho que a distância passe essa impressão. Viva, o futuro te espera e o presente te consola.

Beijos!

Juan ligero Pintón disse...

Quiero golpear a un mono en la cama de un cabaret. Mientras que las antiguas Baggio dio la bendición para el puesto. Y la cocina Rosa gritó "Esta es la misma cosa más molesta que punheta sólo" fuera de su Jegue Tomás y silbidos que comían una menor berrada allí ... Creo que un buen Jegue la CABA veio.E mientras escucha los muelles los gritos "mi cuello moho, los hongos, nos!" y él pensó que la historia de la locura y caminar como un cangrejo.

Oiga por favor la historia, besos.

quem? disse...

looooooooool

d disse...

Yeah there. You're superb. I know it. You know it. They know it. You are thus superb.

atraM disse...

Gosto muito de espanhois, nao os consigo levar a sério

Juan Ligeron disse...

Atram me gusta traer la alegría a la gente. Sin exageración, se sabe que en el fondo, que son buenas personas.

Juan disse...

quem?
soy uno espanol hermoso!