15.12.10

e vai um brinde!

ao amor, às ilusões, à alegria de cantar bem alto, ao encanto da respiração no meu ouvido, aos dois, três, quatro, cinco e seis meses, e mais aos outros todos que passaremos juntos, e aos amigos, às amigas, aos amigos das amigas, às lágrimas e à tristeza (que também merecem brinde), aos banhos de imersão, aos banhos de mangueira no quintal, à correria e às avaliações escolares, aos que se foram e aos que estão para vir, ao desespero, aos concertos e às festas, ao nascer do sol, à melancia no verão, à carta de condução, às mãos dadas, aos shots de caramelo
e,

sobretudo,

aos que aqui estão 

2010 nunca teria sido o que foi sem nada disso.
venha 2011 que nós mostramos-lhe como é que é.

3 comentários:

Rui Ramalho e Francisco Bota disse...

Um brinde aos 15 811 200 segundos, ao penteado novo, à Lúcia, ao jantar no Cacém, aos jantares nos Anjos, às perguntas do Alexandre, aos vários cinco minutos no Sagrado, à nova vida universitária, ao "antes" do dia 14 e ao "depois", ao comboio da linha de Sintra, à estreia no Groove bar, às conversas à noite, à Leonor, ao Gurixa, à polaroid, aos armazéns do Chiado, ao restaurante do pato com molho de castanhas e a tantas coisas mais que fizeram com que 2010 passasse de um ano "assim assim..." para um ano "sim sinhor!".
cumprimentos cordeais,
Rui

Rita disse...

i think you deserve it

Anónimo disse...

ou senhora do blog, nesse (final) de ano merece um vídeo sobre a sua retrospectiva.

FAZ UM VÍDEO SENHORA DONA DESSE BLOG!
OBRIGADO!