4.11.08

dia da maratona

às vezes sabe um bocadinho bem fugirmos às responsabilidades...
"tenho um teste amanhã mas, que se lixe, vou deitar-me no chão do meu quarto enquanto como chocolates e olho para o tecto"
mesmo quando lhes fugimos por coisas parvas.

quando uma tarefa me é imposta, torna-se muito mais pesarosa para mim fazê-la e, de vez em quando, apetece-me esfregar na cara de quem ma impôs que "não fiz porque não me apeteceu", fim. é claro que este meu método é 100% falível, nunca deu bom resultado. talvez para o ego sim, mas apenas a curto prazo.

há dias em que ando a 200 à hora, como o de hoje.
teste de MACS - que é uma coisa ascorosa;
aula de educação física - sem saber onde é que parava a minha mochila que contém todo o material necessário para a dita aula (desenvencilhei-me);
cinco voltas a correr à volta da escola - para avaliação - que, a meu ver, é um atentado à dignidade daqueles que simplesmente não têm estofo para isso (ou seja, eu) ;
meia hora para tomar banho e almoçar com o objectivo de comparecer na reunião da revista da escola, para a qual não tinha preparado devidamente o que me competia (desenvencilhei-me outra vez - 2-0, in your face!);
aula de revisões de filosofia (na próxima é teste) e, logo a seguir, clube da rádio durante uma hora e meia.
e, depois, estando já de noite, seguir sozinha para casa.

terça-feira é o dia impossível. é o dia cansativo, é o "dia desafio", é o dia em que, quando chega ao fim, eu sinto-me sozinha na monotonia do meu tão esperado descanso. e, ponderando bem, é o dia em que me sinto um bocadinho "super-mulher". reparo que sou capaz de tudo, e que tudo pode correr bem.

4 comentários:

Doggie disse...

"quando uma tarefa me é imposta, torna-se muito mais pesarosa para mim fazê-la", so true.

Eu por exemplo, esta semana, tive um teste com 180 paginas de matéria ontem, um teste com quase a matéria toda de matemática do 12º no sábado, um teste com 100 páginas de matéria na segunda e um trabalho de laboratório para esse mesmo dia.

E será que é por isso que desanimo? Infelizmente sim.

Gostava de ter essa tua capacidade de ver sempre o lado positivo da vida, ainda que o dia seja tão mau como esse que contaste. Great post.

Doggie disse...

Entre "ontem" e "um teste" falta "vou ter" para que a frase faça sentido.

Só queria acrescentar que são estas pequenas vitórias que nos dão motivação de no próximo dia lá estarmos e fazermos melhor. E a mim ninguém me tira a ideia de que quanto mais motivados estamos mais somos capazes de ir contra um dia que achamos simplesmente esgotante.

Se a motivação é assim tão importante, porque é que há tanta gente que não a tem?

Alexis disse...

E se o mundo fosse só gente que come chocolates no chão enquanto olha para o tecto, em vez de estudar e trabalhar ?

Hehe percebo perfeitamente a atitude "fuck this, nao me apetece" mas tens razao em concluir que nunca dá bom resultado.

Stay zen cate

Jone disse...

eu costumo concordar com esse tipo de pensamento, eu até uso desse metódo no dia a dia...mas sabe porque nós temos que passar por isso?
Porque no fim de tudo, todos nós concordamos com o sistema criado pelos alienados!



beijo cate, concordo com o seu texto! xD